quinta-feira, 29 de junho de 2017

Novas metas de inflação

Boa tarde

Dividindo uma informação que recebi.

Nosso Conselho Monetário Nacional, composto pelo presidente do Banco Central + Ministro da Fazenda + Ministro do Planejamento decidiu reduzir a meta de inflação.
Para 2019 a meta caiu para 4,25% (ante 4,50%). A novidade veio com a definição para 2020. Entende-se que essa meta ambiciosa é fruto da boa credibilidade da equipe econômica, mais inclusive do Banco Central.
Esse movimento pode abrir um movimento ainda maior na curva de juros de curto prazo, beneficiando os investidores com posições em TD e debêntures (que queiram sair antes do prazo) ;)

Abraço

2 comentários:

  1. é uma boa jogada, ainda mais com a capacidade do país reprimida do jeito que está onde a inflação se chegar a 4, vai ser muito, mas isso sinaliza menor margem para aventureiros quererem estrangular preços administrados ou brincar com o câmbio pra depois vomitar isso na cara do povo com três vezes mais força!

    Bem vindo de volta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho alguns receios sobre essa questão.

      Excluir